São João Calábria

 "...A Obra é para os tempos actuais..."

Somando os dias...

no dia 01/01/2017, quatro jovens fizeram a primeira profissão religiosa...

Ano Vocacional...

A não-violência: estilo de uma política para a paz

Palavra Aos Irmãos Externos

A Paz de Jesus Bendito e o amor do Pai esteja sempre convosco e as vossas famílias. Estamos a começar mais um ano na graça de Deus Providente. Novos desafios se pintam no horizonte (crise económica, crise de valores e de fé, crise de família e de solidariedade). A este momento o Pe. João Calábria diria que esta é a “hora de Deus, hora de Satánas e para grandes males, grandes remédios”. Por isso, não devemos estar alheios e nem distantes do momento que estamos a viver e a passar. Iniciando o novo ano, também como família Calabriana estão a elaborar nos seus programas e projectos. É justo que se faça isto para que tenhamos um norte e sejamos audazes de avaliarmos se realmente concretizamos os programas e projectos que traçamos ao inicio do ano. Assim instamos aos Irmãos externos que elaborem também nos seus programas de acção para este ano. Os mesmos deverão estar em sintonia com o documento final do XI Capitulo Geral – Discípulos, Irmãos e Missionários, no item sobre “ A FAMILIA CALABRIANA” e os da Igreja Universal.

 

Um dos itens neste sentido como Igreja, é o ano da Misericórdia, que o Papa por motu próprio publicou “O rosto da Misericórdia”, neste documento pede-se para que aos menos uma peregrinação seja feita ao longo deste ano, além da Confissão. Dai mãos à Obra queridos irmãos externos.

 

Pedimos também um maior dinamismo, maior criatividade em iniciativas, maior comunicação, mais participação, maior protagonismo e mais sentido de pertença à Obra. No entanto agradecemos aos irmãos e irmãos que se entregam de corpo e alma a esta Obra de Deus.

As dificuldades de vária ordem assolam o nosso País, as nossas famílias e nestas também nos revemos, mas o Pe. João Calábria convida-nos a sermos os faróis nesta noite escura, nesta hora. Não desanimemos, porque Deus Pai e Providente proverá muito mais daquilo que pensamos e imaginamos, daquilo que cabe aos nossos cálculos humanos com tal de que tenhamos fé.

Portanto aos Irmãos Externos a minha bênção e, Cristo Jesus.

Pe. António Temo Armando

Está em... Home Africa Angola Palavra Aos Irmãos Externos